0
Gostaria que alguém corrigisse, comentasse e concedesse nota.. GRATO !

aberto 2 Respostas 46 Visualizações Redação
Tema : O trabalho escravo no Brasil, como fato recorrente em pleno século XXI


Em pleno século 21, é nítida a ainda existência da escravidão brasileira mesmo diante da globalização, onde patrões passam por cima das leis e condições trabalhistas; tendo em vista que, é fraca a fiscalização por parte dos órgãos defensores do trabalhador, como também, a falta de conhecimento dos escravizados que os deixam submissos.

Diante disso, tendo a Amazônia liderando a lista de ocorrências, estima-se que no Brasil há 161 mil pessoas submetidas à escravidão moderna. Sobretudo, esses aliciados vivem em condição degradante de trabalho, que retira do trabalhador sua dignidade e expõe a riscos de saúde física e mental; jornada exaustiva, levando-os ao limite de suas forças e o cerceamento de liberdade, como a servidão por dívida, a retenção de documentos e o isolamento geográfico. Por conseguinte, sabe-se que a fiscalização contra essa prática terrível é precária, pois o índice de aliciados cresceu disparadamente nos últimos anos.

Outrossim, a maioria dos explorados não possuem conhecimento dos próprios direitos, estando reféns a lábia do contratante. Se imaginarmos alguém sem acesso à terra, poucos recursos e família para sustentar, provavelmente ela buscará melhores condições de vida, um trabalho digno e salário descente. E é de pessoas nessa situação que os ‘aliciadores’ costumam se aproveitar dando esperanças com falsas propostas de emprego, que em geral aceitam por precisarem, e  já assumem sua primeira dívida com o empregador: o valor da passagem. Por consequência, deparam-se com um cenário de escravidão. Percebendo que foram enganados, muitas vezes não podem ir embora, tendo os documentos retidos pelo patrão e contração de dívidas absurdas e ilegais, ficando subordinados. Mas, quando alguém consegue fugir e denunciar, os que ficam são resgatados por responsáveis trabalhistas, recebem seus direitos e o empregador paga multas e indenização. Em contrapartida, o trabalhador volta para a cidade natal e encontra a mesma realidade que o fez sair em busca de emprego.
   
Entende-se, portanto, que devido a fraca eficácia do poder público o problema persiste. A fim de atenuar o problema, o estado e a sociedade, devem atuar por meio de uma ação conjunta e que contemple três frentes: prevenção - através da educação, informação midiática e jornalística -, assistência - alojamento à vítima, pagamento de direitos, qualificação profissional -, e repressão - punir o criminoso e compensar financeiramente o trabalhador; ademais, faz-se necessário que sejam implementados programas que resultem na melhoria da condição de vida das pessoas oriundas daquelas áreas, erradicando essa prática vergonhosa que vem assolando o Brasil.

Entre ou cadastre-se para responder esta pergunta.

2 Respostas

0
Competência 01: 160
Competência 02: 120
Competência 03: 160 (cuidado para não generalizar)
Competência 04: 120
Competência 05: 160

NOTA: 720
respondida 10 Jul, 2016 por luiza1988 (56 pontos)
0
1 Páragrafo
Complemente sua tese, acrescente mais uma frase que concluia sua ideia.

2 Parágrafo
Cuide com frases longas, cite a fonte da informação (acho mais seguro, dá seriedade para o seu texto)

3 Parágrafo
Organize melhor

4 Parágrafo
GOSTEI


Você fez uma redação por meio do tema proposto, porém atente-se que a sua opinião (sua tese) tem que estar explícita  no 1 parágrafo para nos parágrafos posteriores  justificar. Texto bom, mas faltou argumentos consistentes, dados, notícias. Sem avaliar concordância verbal, vírgulas, pontos acredito que conseguiria uma nota em torno de 750 a 830.
respondida 11 Jul, 2016 por Tarciana Maria (290 pontos)
...